Um conto de Natal

Ebenezer Scrooge é um homem avarento e que odeia o Natal. Na véspera da comemoração ele é visitado por três espíritos natalinos, que representam o passado, o presente e o futuro. Juntos, eles ensinam para Scrooge uma importante lição que transforma para sempre a forma como ele enxerga a vida.

Com certeza você reconheceu a sinopse acima. Trata-se de uma das histórias natalinas mais clássicas de todos os tempos. Publicada em 19 de dezembro de 1843, ela é um dos contos mais famosos de Charles Dickens, autor inglês que completaria 200 anos neste dia 7 de fevereiro.

Aclamada pela crítica da época, a história foi lançada no auge da revolução industrial inglesa. Por conta disso, o conto de Dickens foi encarado como uma análise do mundo cada vez mais industrializado e que estava se esquecendo do espírito natalino. A influência da obra é tão grande que ela foi adaptada instantaneamente para pelo menos quatro peças teatrais. Hoje, mesmo 169 após seu lançamento, continua sendo presença certa nas comemorações do Natal.

A influência mais clara de A Christmas Carol é no personagem Tio Patinhas, da Disney, que em inglês se chama Uncle Scrooge. Por sinal, uma das adaptações mais famosas também é da própria Disney, protagonizada pelo pato avarento e pelo Mickey, intitulada Mickey’s Christmas Carol, de 1983.

Outros que também encarnaram o espírito ranzinza do velho Scrooge foram os Muppets, no especial de Natal realizado em 1992. A mais recente adaptação para as telonas foi em 2009, no filme A Christmas Carol, feito com captura de movimentos e com Jim Carrey no papel do Scrooge.

Apesar de ser o mais famoso, A Christmas Carol faz parte de uma série de cinco contos natalinos, escritos de 1843 a 1848 : The Chimes, The Cricket on the Heart, The Battle of Life e The Haunted Man and the Ghost’s Bargain. Todos eles seguem a mesma ideia: injustiças sociais convergindo em uma mudança radical do personagem.

Grande parte da obra de Charles Dickens está disponível no Domínio Público. Para baixar gratuitamente os livros, é só clicar nos títulos de cada um no parágrafo anterior e aproveitar alguns dos maiores clássicos natalinos de todos os tempos.

About these ads

3 pensamentos sobre “Um conto de Natal

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s